Comportamento


Just be.


Ano novo, vida nova. Ano novo, novas resoluções. Ano novo, um novo você. Não é assim todos os anos? “A minha resolução de ano novo é…” Todos os anos repetimos promessas, fazemos balanço do ano e retrospectivas…

Porque? Não se apresse em fazer resoluções, escrever uma lista do que você quer fazer diferente no próximo ano, resoluções e tarefas que você quer cumprir. Mais importante que isso é você parar e perceber a quantidade de coisas boas que você tem ao seu redor, que te enchem de orgulho, gratidão e alegria. Talvez sejam os momentos com os seus pequenos, conversas engraçadas com os amigos, um lugar que você visitou, um momento que teve. Pense sobre os seus 10 melhores momentos do ano. Anote eles, reflita. Porque eles foram tão legais?

É claro que sempre podemos melhorar e evoluir. Mas, criar listas irrealistas de resoluções e mudanças não vai ajudar ninguém…pelo contrário. Vai te trazer sempre uma sensação que você falhou. Sabe o que realmente vale a pena e é legal? Pensar em UMA coisa que você queira fazer diferente no próximo ano; uma coisa que realmente vai ajudar você a ser mais feliz e uma pessoa melhor. Uma pequena coisa para mudar. Pode ser correr um dia a mais por semana, planejar melhor as refeições da família para não se estressar todo dia as 5 da tarde ou talvez seja simplesmente curtir mais os momentos, tirar mais fotos de família.

Já parou para pensar que nunca nenhum ano você (e acho que quase ninguém) teve como resolução: “Eu simplesmente quero continuar sendo eu. Eu vou aproveitar a vida e os momentos eles sendo como eles são”. Essa é uma resolução bem interessante. Você comentou erros. Se atrapalhou. Se irritou. Tiveram momentos ruins. Mas, você acertou. Esteve com os seus pequenos. Criou momentos para eles. Se divertiu. Riu. Os altos e baixos que fazem parte da vida.

 

 

Então, nesse ano novo, que tal você não fazer resoluções de como ser diferente e simplesmente…seja.