Dia a Dia, Gestante


Como ler (e entender!) a curva de crescimento de bebês e crianças


Como pais, a idéia de “normalizar” seu pequeno vai se tornar praticamente uma obsessão. Especialmente se vocês vão ser pais de primeira viagem. Toda essa obsessão vem especialmente a tona quando tentamos ler e entender aquelas curvas de crescimento de bebês….

A primeira dificuldade vai ser em entender o que é normal no meio daquele emaranhado de linhas e números. O famoso percentil de crescimento. Como você descobre aonde seu pequeno está? Ele está “normal”? É claro que seu médico pode (e deve) te ajudar e te explicar, mas nós aqui também te damos uma força e te explicamos, de uma vez por todas, como funciona.

checkO que os percentis representam?

Você vai ouvir essa palavra bastante agora que tem filhos. A seguir você vai encontrar uma tabela de crescimento para meninas (essa é da OMS – Organização Mundial de Saúde). Repare que existe uma linha curva verde. Essa é a “norma”. Cada linha (para cima e para baixo) representam os famosos percentils. Em poucas palavras isso significa: Se seu pequeno está no percentil 5 da curva de crescimento significa que 95 de 100 crianças vão ser mais altas que seu filho e somente 5 seriam mais baixas. Quer outro exemplo? Se sua criança está bem na curva mais escura de pesa significaria que de 100 crianças existiria um numero igual que pensariam mais ou menos a mesma coisa que seu pequeno.

meninas-ate5

checkO que é classificado como “normal”?

Essa é a parte simples. Significa apenas o que é a média daquela medida que esta sendo avaliada . Ou seja, qual a média de peso de crianças com a mesma idade e tamanho.

checkComo eu descubro aonde meu pequeno se encaixa?

Seu pediatra vai te ajudar, mas basta procurar no eixo da esquerda (tamanho) aonde ele se encaixa, por exemplo, e cruzar isso com a informação do eixo de baixo (idade). Aonde essas duas informações se encontram e aonde seu filho está naquele momento (e isso muda de mês para mês).

checkE se meu pequeno estiver em qualquer percentil que não seja “normal”?

Aí que está. Não interessa muito em que percentil ele está desde que ele esteja crescendo. Crescendo significa acompanhando a curva dele (independentemente do percentil) ou então, até crescendo acima da curva (descolando da curva para cima).

checkQuando eu deveria me preocupar?

a) Se seu filho mostrar ao longo de mais de uma medida uma queda de crescimento expressiva, ou seja, ele deixou de acompanhar a curva dele e começa a se aproximar mais da curva abaixo.

b) se de um mês para o outro ele tiver uma queda muito grande (por exemplo, ele cair 2 percentils).

Nessa caso, vale a pena uma conversa com o seu pediatra. Mas, atenção, SOMENTE o pediatra pode confirmar se é caso de preocupação.

 

A conclusão é que você não precisa nem se assustar e muito menos ficar obsecada com curva de crescimento. Com certeza seu pediatra está de olho. E você…você tem coisas muito mais legais para se preocupar e ficar obsecada.